terça-feira, 25 de setembro de 2012

Presente de um poeta - Pablo Neruda


Presente de um poeta" é uma coletânea de poemas de Pablo Neruda com tradução do poeta amazonense Thiago de Mello e com ilustrações da pintora grega Dafni Amecke-Tzitzivakos.

O livro é todo lindo! É meu livro de cabeceira. Leio e releio mil vezes sem me cansar.

Eu amo Neruda por tudo de lindo que ele escreve e porque representa uma cumplicidade entre mim e a minha mãe que me ensinou a gostar de poesia, de Neruda e dos versos abaixo que ela sempre cita:


"Posso escrever os versos mais tristes esta noite.
Posso escrever, por exemplo: "A noite está esrelada,
e os astros azuis tiritam na distância".

Gira o vento da noite pelo céu e canta.

Posso escrever os versos mais tristes esta noite.
Tanto a amei, e às vezes ela também me amou.

Em noites como esta eu a tive entre os meus braços.
Beijei-a tantas vezes debaixo do céu infinito.

Ela me amou, e às vezes eu também a queria.
Ah, como não amar seus grandes olhos fixos.

Posso escrever os versos mais tristes esta noite.
Pensar que não a tenho. Sentir que já a perdi.

Ouvir a noite imensa, mais imensa sem ela.
E cai o verso na alma como na relva o orvalho.

Que me importa que meu amor não pudera guardá-la.
A noite está estrelada e ela não está comigo.


De "Viente poemas de amor y una canción desesperada"

Avaliação: 

Beijo.

Comente com o Facebook:

4 comentários:

  1. Nadia,
    não sou muito fã de poesia, como é público e nótorio, mas gosto de Pablo Neruda.Parabéns pelo livro.
    bjs
    Jussara

    ResponderExcluir
  2. Nadia eu sou apaixonada por poesia desde sempre... Também tenho meu poeta de cabeceira, meu sempre lindo Fernando Pessoa, cumplice de todas as horas, que saudades que me deu do meu "O eu profundo e os outros eus"...

    ResponderExcluir
  3. Um dos mais brilhante poetas de todos tempos pubique um livro a estaçao dos esquecidos nesse grandioso poeta

    ResponderExcluir

Adoro comentários e respondo aqui mesmo, conforme eu vou lendo.
Gentileza gera gentileza.
=)