quinta-feira, 18 de outubro de 2012

A Rainha Branca - Philippa Gregory


GREGORY, Philippa. A Rainha Branca. Rio de Janeiro: Editora Record, 2012. 434p. Título original: The White Queen.

"Ela é Melusina, a deusa da água, e é encontrada em fontes e quedas d'água escondidas em todas as florestas da cristandade, até mesmo naquelas tão distantes quanto a da Grécia. Ela também se banha nas fontes mouras. Nos países do norte, onde a superfície dos lagos é coberta por uma camada de gelo que se fende quando ela se ergue, é conhecida por outro nome. Um homem pode amá-la, se guardar seu segredo e deixá-la sozinha quando ela quiser se banhar, ela pode retribuir o seu amor até ele quebrar sua promessa, como homens sempre fazem. Ela puxa-o para o fundo, com seu rabo de peixe, e transforma seu sangue desleal em água." p. 9

Estou sem palavras! Philippa Gregory acaba de entrar para a lista dos meus escritores favoritos. Com uma escrita elegante, fluida, muita pesquisa e imaginação ela consegue transformar a história da Inglaterra em romances excelentes, sempre mostrando os bastidores das guerras e conspirações e a participação das mulheres da corte inglesa. Eu que já tinha me impressionado com a sua escrita em "A Princesa Leal"agora sou fã.

A Rainha Branca é o primeiro livro da série Guerra dos Primos que fala sobre a Guerra das Rosas em que membros da famíla Plantageneta (os York -  rosa branca, e os Lancaster - rosa vermelha), lutaram pelo trono da Inglaterra até que a família foi completamente destruída, colocando os Tudor no poder.

Em A Rainha Branca, a história é centrada na rainha Elizabeth Woodwille. Seu marido morreu em batalha defendendo o antigo rei. Após a morte do marido, Elizabeth corre para encontrar o novo rei para pedir que ele garanta a seus filhos a herança a que têm direito. O rei, Edward IV, um York, se apaixona por Elizabeth e eles se casam em segredo numa capela nas terras da família dela. Esse casamento desagrada muitas pessoas, mas ela não desiste de lutar pelo seu marido e por sua família. Enquanto isso, muitos conspiram para tirar Edward do trono. De uma lado, seu primo e conselheiro conde de Warwick que é contra o casamento de Edward com Elizabeth, conspira com o irmão do rei. De outro, Lady Margareth Beaufort acredita que seu filho, Henry Tudor, foi escolhido por Deus para ser  rei da Inglaterra.

A narrativa é em primeira pessoa, contada pela própria Elizabeth, mas a trama não fica restrita ao que  acontece com ela. Elizabeth conta tudo o que sabe e pensa sobre o que está acontecendo no país. Ela era uma mulher ambiciosa, orgulhosa, determinada a ser rainha. Após perder o marido, tornou-se determinada a lutar para que o trono inglês continuasse em sua família. Elizabeth parecia estar mais interessada no trono até mesmo do que na felicidade dos filhos.

Elizabeth Woodwille era descendente de duques da Borgonha que acreditavam ser descendentes da deusa Melusina, deusa da água, metade mulher, metade peixe. De acordo com o que contam as lendas,  suas filhas herdavam o poder de ter visões e praticar magia. Philippa Gregory usa essa crença na história e a torna muito interessante. Sem perder o foco nos acontecimentos reais, essa crença de Elizabeth, sua mãe e suas filhas dá tempero e um toque de magia ao livro, sem cair em clichês.

A trama é sobre uma época instável na Inglaterra, marcada por conspirações, batalhas, muitas mortes e incertezas, e Philippa Gregory conta de forma maravilhosa essa história cheia de ação e reviravoltas, em que tudo acontece muito depressa.

O livro também conta um grande mistério da história da Inglaterra: o desaparecimento dos príncipes da Torre. Até hoje não se sabe o que aconteceu com eles. Seus corpos nunca forma encontrados e nenhuma prova de quem os teria sequestrado apareceu. A autora, então escolheu entre as teorias aquela que achou mais provável para dar uma explicação interessante para o mistério.

Eu estava decidida a ler livros mais leves durante um tempo, mas certamente não conseguirei. Gosto muito de romances históricos. Este livro me prendeu e me envolveu a cada linha. Que venham muitos outros. Não tenho mais o que falar. O livro é excelente! Recomendo para todos que gostam de romances históricos como eu!

Avaliação: ★★★★★ 

Até a próxima.
Beijos. :**

Comente com o Facebook:

28 comentários:

  1. Nadia, antes quero me desculpar pela ausência aqui. Tenho estado meio sem condições de comentar em todos os blogs parceiros. Gosto muito do seu, leio os posts, mas, como não sei escrever pouco, rs, deixo de comentar. Aos poucos estou me atualizando.
    Sobre esse livro, me interessei demais, porque me interesso demais pela história da Inglaterra e da família real. Já está anotado! Parabéns pelas excelentes resenhas!
    Tem um selo pra você lá no Divagações. Caso não goste de selos, fique à vontade, eu entendo e respeito. ;)

    um beijo.

    ResponderExcluir
  2. Heey, tudo bem?

    Apesar de ver o quanto o livro te encantou, e de ficar feliz em saber que o autor pesquisou para escreve-lo, não é um livro que eu sinta vontade de ler ><

    Não conhecia seu blog ainda, gostei muito *-*
    Seguindo.
    Beijos,
    Pepper Lipstick

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Bia. Que bom que gostou. :)
      Vou passar no seu também.

      Beijo

      Excluir
  3. Oi Nádia!

    Eu não tinha certeza se esse era dos Tudors também. É mais um pra minha estante, com certeza. Ultimamente teno visto bastante sobre a Guerra das Rosas, por ela servir de inspiração pra GRRM, mas independente disso, eu quero ler o livro. Como você, adora romances históricos, e a história da Inglaterra em particular me fascina.

    Beijos!



    PS; coloquei a mminha Sophia no FB...tenta ver!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É de um período anterior, a Elizabeth é avó de Henry VIII, mas a série termina bem antes disso.
      Vou lá ver sim. :)
      Beijo

      Excluir
  4. Oi Nádia!

    Eu nunca fui muito fã desse tipo de livro, mas lendo a sua resenha, eu gostei. Achei a estória interessante, e você passou como a personagem é forte. Adorei a resenha.

    Beijos,

    Marcelle
    bestherapy.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A história é muito interessante mesmo. Vale a pena. Obrigada. :)

      Beijo.

      Excluir
  5. Reis e Rainhas, outra época, inglaterra *--* Já me ganhou ♥ haha
    Não conhecia o livro, mas achei a história muito boa.
    Romances históricos tem um lugar especial no meu coração *-* haha
    Já anotei aqui. Com certeza vou ler esse livro.
    Beijinhos,
    http://fulanaleitora.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Eu gostei muito desse livro também. Quero muito saber o que vai acontecer com a filha da Elizabeth. Tem uma parte que a autora fala que a Melusina é uma mulher de natureza dividida. Não lembro bem as palavras que ela usou, mas eu acho que serve para as mulheres comuns também. Não gosto muito do tipo de mulher que é a Elizabeth, principalmente por ela só dar atenção ao marido e à sua necessidade de manter o trono, mas acho que a história fluiu melhor assim do que se ela tivesse sido uma mulher comum que faria de tudo pela liberdade dos filhos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O que aconteceu com a filha dela, eu já respondi aqui nos comentários hehe. Mas se você olhar no wikipdia vai achar a história deles bem explicadinha. Eu pesquisei tudo. :)

      Beijo

      Excluir
  7. Hmm.. acho super bacana romances históricos :) Quando vi a capa e fui lendo já fui vendo com outros olhos :D
    Obrigada pela dica,já vou deixar aqui anotado :D
    Beijo
    http://livrosleituraseafins.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Olá!
    Já ouvi falar muuuuito nos livros dessa autora, mas meu Deus, como são caros! Preciso arranjar uma boa promoção pra conseguir comprá-los e comprovar se realmente é tão bom quanto falam hehe
    Parabéns pela resenha
    Beijos

    Andressa
    umdiaacadalivro.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Percebi que tem lido alguns livros dessa autora se não me engano.
    Adoro estórias de época, esse tema me encanta.
    Nunca tinha lido nada dessa autora, mas a dica vai ficar guardada.
    Livros em Série.
    Passa lá!
    Manuscrito de Cabeceira
    Bjs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Li 2 livros dela por enquanto, mas pretendo ler todos! ;)
      Vou passar.
      Beijo

      Excluir
  10. Quero muito ler. Adoro histórias sobre a Inglaterra e seus reis, príncipes e o poder.

    Beijos,

    Carissa
    http://artearoundtheworld.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leia sim, Carissa. Vale a pena. :)
      Obrigada pela visita.
      Beijo

      Excluir
  11. Gostei bastante da sua resenha, não faz tanto meu estilo, mas acho que leria.
    Beijos

    cocacolaecupcake.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É muito bom, vale a pena arriscar.
      Beijo

      Excluir
  12. Não conhecia esse livro mas graças a sua resenha bem estruturada fiquei bem curiosa para ler ele. Parabéns mais uma vez pela ótima escolha de palavras.
    Valeu pela dica de leitura!!!

    ResponderExcluir
  13. Ei Nadia,
    Estou louca para ler A Rainha Branca, mas ainda não consegui. Adoro romances históricos e esse está na minha lista faz tempo.
    Adorei a resenha.
    Bjs

    ResponderExcluir
  14. Nadia, você tem consciência que colocou o nome de Philippa Gregory na minha lista néh?!?! Caraca!!! Cada livro dela que vc comenta me deixa com mais vontade de ler suas histórias e me fascinar também!!!

    Esse paragrafo foi tipo degustação e só na degustação a gente já sente que para quem gosta de mitologia e história o texto dela é fino.

    Enfim, também me fez lembrar de Maurice Druon e a sua sériW "Os reis malditos" cujo primeiro livro "O rei de ferro" eu li e estou desde então louca para ler a série inteira. Vc conhece essa série?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eba, eba, você voltou! \o/
      Que bom que gostou da resenha. Leia sim! Ela é muito boa! O próximo será A Irmã de Ana Bolena. Só não sei ainda quando vou ler.
      Não conheço essa série não. Vou procurar saber a respeito dela. ;)
      Beijo

      Excluir
    2. Eu lembrei desse seu post e vim correndo aqui porque descobri uma série feita com parceria com a BBC baseada nesse livro, estou aqui louca atrás da série inteira para ler.

      A história dessas mulheres é por demais interessante, me lembra "As brumas de Avalon" que é uma série muito especial para minha trajetória intelectual e humana e sim também me lembra Maurice Druon, acho que a Philippa pega elementos de ambos os autores e faz uma sopa muito boa! Enfim, estou frenética, preciso ter esses livros!!!

      Excluir

Adoro comentários e respondo aqui mesmo, conforme eu vou lendo.
Gentileza gera gentileza.
=)