sexta-feira, 7 de dezembro de 2012

As Vantagens de Ser Invisível - Stephen Chbosky



E naquele momento eu seria capaz de jurar que éramos infinitos. p.49

Charlie está começando o primeiro ano do ensino médio, um ano depois de perder seu melhor amigo que se suicidou. Enquanto escreve cartas, para um amigo que não se sabe quem é, Charlie fala sobre ser adolescente na década de 1990 e relata as impressões sobre o mundo e as pessoas e a forma como a personalidade começa a se definir nessa época da vida tão difícil e muitas vezes perturbadora.

Charlie escreve sobre temas que tornam a adolescência uma fase intensa e aflitiva - o primeiro amor, a descoberta da sexualidade, drogas, violência, bullying, relacionamentos familiares, estupro, transgressão, gravidez, amizades verdadeiras, necessidade de pertencimento, medos, sofrimento psicológico e insanidade, de uma forma sensível, sincera e comovente. Através desses relatos, ora divertidos, ora tensos e tristes, o autor constrói a personalidade de Charlie e dos outros personagens já que eles são descritos pela ótica de Charlie. Ele conhece e fica amigo dos irmãos Patrick e Sam e se apaixona por Sam que é mais velha que ele. Através das cartas sabemos o que Charlie pensa sobre eles e sobre os acontecimentos na vida dele e dos amigos com uma visão pura, ingênua e sem julgamentos.

As Vantagens de Ser Invisível é um livro é lindo!  Os personagens são uma delícia de conhecer (eu me senti muito íntima deles, como se fossem da família). Pela primeira vez eu chorei lendo um livro! Muito sensível, delicado, apaixonante e envolvente. A leitura me fez reviver acontecimentos, felizes e tristes, da minha adolescência e me despertou muitas emoções. Catártico!

 As Vantagens de Ser Invisível é um romance epistolar, ou seja, narrado através de cartas, em primeira pessoa. As cartas relatam um período de um ano na vida de Charlie. A linguagem é clara, fácil de entender, fluida e próxima do público alvo. Apesar de abordar temas pesados, é um livro leve e delicioso. Charlie, que escreve as cartas, é muito engraçado, sensível e observador. É um apaixonado por literatura e é um fofo! 

 É como se ele tirasse uma foto da Sam e a foto saísse linda. E ele pensasse que o motivo para a foto sair bonita fosse ele fotografar bem. Se eu fizesse a foto, saberia que o único motivo da beleza é a própria Sam. p.59

Eu devorei o livro, aliás engoli todo de uma vez! Li durante a madrugada, não consegui parar! Ainda bem que não tenho nada para fazer hoje. Agora posso ir dormir (ou não) rsrs. É um livro para ser apreciado por todos - adolescentes ou adultos. Lindo, lindo lindo! Leiam, releiam, deliciem-se, envolvam-se e sintam-se infinitos! :)

"Eu me sinto infinito."

Avaliação: ★★★★★


Ainda não assisti ao filme que estreou este ano. Assim que tiver assistido, farei um post sobre ele.


Até a próxima.
Beijos.

Comente com o Facebook:

23 comentários:

  1. Oi Nadia, tudo bem?
    Eu quero muito ler este livro. Mas, só acho disponível na internet com a capa nova, a do filme, e adorei a outra capa, a do seu post.
    A história aparenta ter uma linguagem bem fácil mesmo, e acredito que quando eu lê-la, também irei devorá-la.
    Espero que isso aconteça logo!
    Beijinhos,
    alanahomrich.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Alana, eu comprei na Saraiva com essa capa aí, mas não se ainda tem.
      Leia sim! :)

      Beijos.

      Excluir
  2. Oi Nádia!

    Eu também não vi o filme ainda, e nem li o livro (eu nem sabia que tinha livro até depois de o filme estrear), mas já ouvi falar muito bem dos dois. Vou ler sim, quando...aí já é outra história ;D

    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Fê. Quando puder, leia sim! :) É fofo demais.

      Beijos.

      Excluir
  3. Oi Nadia!! Eu fiquei com essa mesma sensação no final, mal consigo nem me expressar hehe eu chorei bastante tbm, fiquei soluçando um tempinho e fiquei meio fora do ar um tempo pensando antes de dormir, acho incrível como um livro pode fazer isso com a gente...Não conhecia a palavra epistolar! haha agora já sei :D Tenho certeza que você vai amar o filme, porque a gente sente o mesmo carinho nele ^^

    Beijos bonitona!
    Nanda

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Nanda. Mal posso esperar para o ver o filme. Só não assisti antes porque queria ler o livro primeiro.

      =)

      Beijos.

      Excluir
  4. Nadia

    Gabi, td bem?
    Qq hora da uma lida neste texto: http://tescrita.blogspot.com.br/

    uma maiga minha quem escreveu e queria dar uma ajuda pra ela, buscando opniões das pessoas boas leitoras pra ajudar ela a mlehorar a escrita... dá uma força lá, faz uma critica e tals!!!

    Valeu

    Fefa

    ResponderExcluir
  5. Oi!

    Estou passando para convidar você para uma super promoção que tá rolando lá no blog

    http://livroterapias.blogspot.com.br/2012/12/promocao-de-natal-morte-subita-brinde.html

    Beijinhos

    Rízia - Livroterapias

    ResponderExcluir
  6. Estou super curioso para ler esse livro logo após as primeiras resenhas e a estreia do filme, mas agora que vc mencionou que chorou pela primeira vez quero ver se eu vou chorar também, ^^

    Beijos.
    Guilherme.
    http://umcompulsivoleitor.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hehehe. É muito emocionante! :) Mas também me fez lembrar a minha infância e adolescência. Bateu nostalgia rs.
      Beijos.

      Excluir
  7. quero muito muito ler esse livro *-*

    http://himi-tsu.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Oi, Nadia!
    Olha, eu estou querendo MUITO este livro. Tipo, chegou na biblioteca da escola mas não sei se vou conseguir esperar até março/abril, quando já estará tudo registrado, para ler... A tua resenha apenas aumentou minha vontade de ler! *-*

    Gislaine,
    atualizado, comenta?
    Jeito Inédito

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leia sim! Tomara que você consiga logo! :)

      Beijos.

      Excluir
  9. Anda não li o livro nem o filme, mas ultimamente as resenha vem se mostrado positivas, assim como a sua e venho me interessado. Agora pra comprar é só a capa nova, justo quando quero a antiga rsrs
    Curti sua resenha, me deixou com vontade de ler rsrs
    Você nunca tinha chorado lendo um livro ?:') tão lindo *-*
    Deve ser bom mesmo!
    Amei os quotes *-*
    Sim, fica muuuuito bom rsrs
    Um beeijo, fofa
    Pâm
    http://interruptedreamer.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou, lindinha. :)

      Beijos. =**

      Excluir
  10. Meu nome é Francis Perot. Estive aqui em seu blog e achei-o interessante, meus parabéns. Meu blog POESIAS E CONTOS DIVERSOS, se desejar visitar e seguir ficarei muito honrado.
    Se desejar seguir meu blog será uma honra...

    ResponderExcluir
  11. Que resenha fantástica, agora fiquei com vontade de ler esse livro.
    Bjos

    ResponderExcluir
  12. Olá ♥ desculpa o incomodo, estou vindo aqui pra te convidar a participar da nova coluna no meu blog, se chama “Resenha do Leitor” então se você tiver uma opinião sobre, filmes, livrou ou qualquer outra coisa que queira compartilhar e ainda ganhar divulgação dá uma passada lá para saber como, acabei de escrever a postagem.

    http://himi-tsu.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  13. Ai meu Deus, estou PIRANDO pra ler esse livro, mas ninguém quer me emprestar e comprar livros não rola mais... Muuuuito caro (apesar de valer a pena né) e nem tem amis espaço aqui em casa também. Kkk' E seguindo aqui :)

    Bjs, Babi

    A Viajante dos Livros

    ResponderExcluir

Adoro comentários e respondo aqui mesmo, conforme eu vou lendo.
Gentileza gera gentileza.
=)