domingo, 8 de março de 2015

7 das minhas autoras de ficção favoritas

Dando continuidade ao dia internacional da mulher, quero compartilhar com vocês algumas das minhas autoras de ficção favoritas. Seja porque escreveram livros inesquecíveis ou porque me instigaram a ler mais ou porque criaram personagens femininas inspiradoras, elas têm um lugar especial o meu coração.



Sue Monk Kidd


Escreveu A Invenção das Asas que conta a história de duas abolicionistas e feministas americanas do século XIX. Livro lindo e muito bem escrito que mistura fatos históricos e ficção. 


Juliet Marillier


Adoro a forma como ela constrói mundos mágicos e personagens femininas fortes. Estou lendo o terceiro livro da autora e amando cada vez mais sua escrita.
Resenhas: Juliet Marillier


Jane Austen


Jane Austen escreveu clássicos que questionaram a posição da mulher na sociedade do século XIX. Austen denunciou o patriarcado, a obrigação do casamento e a impossibilidade de a mulher ganhar seu próprio sustento e foi uma mulher a frente de seu tempo que nunca se casou e viveu do que ganhou com a venda de seus livros. Escreveu histórias inspiradoras, românticas e inesquecíveis.
Resenhas: Jane Austen


Suzanne Collins


Entrou na lista por criar uma das personagens femininas mais icônicas da literatura, um exemplo de fortaleza e perseverança: Katniss Everdeen.
Resenhas: Suzanne Collins



Philippa Gregory



Ficção histórica é um dos meus gêneros literários favoritos e Philippa Gregory escreve sobre as mulheres na corte inglesa nas idades média e moderna. Conta de uma forma encantadora o papel dessas mulheres em acontecimentos importantes da história britânica. Amo essa autora!
Resenhas: Philippa Gregory



J. K. Rowling


Além de ter uma história de vida admirável e de ser a primeira pessoa no mundo a ficar bilionária escrevendo livros (!!!), J. K. Rowling fez uma geração inteira gostar de ler. Criou um mundo maravilhoso que quase todo mundo gostaria que existisse e me deu mais uma das minhas personagens favoritas: Hermione.
Resenhas: J. K. Rowling



Marion Zimmer Bradley


As Brumas de Avalon é uma obra incrível. Conta a história do lendário Rei Artur pelo ponto de vista das mulheres da sua vida. Traz personagens fortes, lutadoras e inspiradoras. Morgana é uma das minhas personagens preferidas da vida. Além disso a obra me fez gostar ainda mais de ler e me fez companhia em um momento difícil da minha vida, quando saí da casa dos meus pais e vim para o Rio estudar. Além disso, Marion Zimmer Bradley escreveu O Incêndio de Troia que conta a guerra de Trioa pelo ponto de vista de mulheres fortíssimas e inspiradoras. Amo a Kassandra!
Resenhas: Marion Zimmer Bradley


Até mais.
Beijos e boas leituras. :**


Comente com o Facebook:

7 comentários:

  1. Adoro a Philippa e a Suzanne, não conhecia as duas primeiras, mas irei pesquisar.

    Sobre a Marion também era muito fã até me decepcionar profundamente com ela: http://www.theguardian.com/books/2014/jun/27/sff-community-marion-zimmer-bradley-daughter-accuses-abuse

    ResponderExcluir
  2. Nossa, que história triste, Lidiany. Não sabia. Pode ser muito errado da minha parte, mas procuro separar a arte e o artista. Certamente não posso mais admirá-la como pessoa, mas gosto muito dos livros que ela escreveu.

    Bem vinda ao meu blog. :)
    Beijos.

    ResponderExcluir
  3. Eu também ando separando obra de artista, porque senão a gente não lê mais nada de ninguém. Isaac Asimov era conhecido assediador de mulheres e Arthur C. Clarke foi acusado de pedofilia. =\


    Antes eu achava impossível separar até me sentir atingida pelo o que os autores de FC fizeram...

    ResponderExcluir
  4. Exatamente. Vivendo na sociedade misógina em que vivemos, acho que teríamos que parar de consumir qualquer coisa criada por artistas homens.

    ResponderExcluir
  5. Amo a Jane Austen, para mim ela é um tipo de eterna novidade, porque sempre há algo novo na escrita dela que vou descobrindo em sucessivas releituras. Estou lendo Emma e a sagacidade dela é intoxicante.

    Suzanne Collins é impactante! Katniss é simplesmente incrível, como cada menina que sustenta a família nas costas depois ou durantes as pequenas catastrofes que ocorrem no lado B do mundo, meninas que adotam seus irmãos mais novos e decobrem que para alguns a vida é um Jogo Voraz que nunca acaba! Eu amo a Suzanne, mesmo quando odeio a Suzanne jkkkkk

    J. K. é fabulosa! Como não amar Harry Potter e seus amigos e as vezes mais os amigos que Harry Potter. Hermione <3 e todo o universo mistico fofo e querido que ela inventou!

    Eu SÓ DEVO a Marion a consciencia de que meu corpo é algo que Deus me deu e as regras sobre ele são minhas! Será que devo pouco a ela? Mas que amor, eu tenho gratidão por ela, hoje compreendo como ela foi um tipo de amiga mais velha que me mostrou outro ponto, outra forma de interpretar a realidade e ampliou meu horizonte!

    Eu tenho uma divida com a Philippa, um dia vou acordar e comprar de uma vez só os seus livros e me acabar! E claro que te conto depois como foi!

    ResponderExcluir
  6. Que bom que você também gosta delas. :D Adorei o que você falou sobre a obra de Marion. Aliás, amei seu comentário. :)
    Beijos. :**

    ResponderExcluir

Adoro comentários e respondo aqui mesmo, conforme eu vou lendo.
Gentileza gera gentileza.
=)